O que é impotência sexual emocional?

Infelizmente, com todo o estresse dos dias atuais, a impotência sexual emocional tem se tornado cada vez mais comum.

Na verdade, a impotência sexual emocional estão surgindo como resultado de uma série de questões e problemas que acabam afetando de uma forma extremamente nociva a saúde mental e física das pessoas.

Como ainda existem muitas dúvidas a respeito da impotência sexual emocional, resolvemos preparar esse artigo para ajudar homens a identificar e lidar com o problema. Confira.

Impotência sexual emocional

A impotência sexual emocional é um distúrbio físico promovido por um problema de saúde psicológico, quando não se consegue ter ou manter uma ereção, devido a algum problema emocional.

Primeiramente, é preciso entender que algumas emoções geram altos níveis de adrenalina, um neurotransmissor que acaba interferindo na capacidade de promover as ereções.

Caso essas emoções sejam constantes, é desenvolvido um quadro crônico de impotência sexual emocional.

Geralmente, o problema costuma durar menos que 6 meses, sendo necessário ter um acompanhamento psicológico, mas, as vezes, esse acompanhamento pode precisar ser associado a medicamentos para ajudar a combater a impotência sexual.

Causas da impotência sexual emocional

Como é possível imaginar, muitas podem ser as causas da impotência sexual emocional que está cada vez mais comum nos dias atuais, inclusive entre homens com idade entre 24 e 36 anos.

Ok, vamos combinar que o que não faltam são problemas, dos mais variados tipos, desde desemprego, crise financeira, vírus letal, que acabam gerando muito estresse.

Geralmente, quem apresenta impotência sexual emocional não apresenta nenhum quadro físico capaz de promover a falta de ereção, mas, mesmo assim, encontram dificuldades em conseguir ereções e/ou mantê-las.

Dentre as principais causas da impotência sexual emocional estão:

  • Altos níveis de estresse;
  • Baixa autoestima;
  • Casos precedentes de abuso sexual;
  • Conflitos emocionais e amorosos;
  • Medos de fracasso sexual e humilhação;
  • Padrões estéticos exagerados;
  • Perda da libido;
  • Quadros de ansiedade;
  • Traumas pós-acidentes;
  • Entre outros.

Tratamentos para impotência sexual emocional

Infelizmente, um grande impeditivo que faz com que muitos homens adiem, até por muito tempo, o tratamento é, ainda, o grande tabu que envolve o problema, mas existem estimulantes como o size plus gel que ajuda a melhorar a ereção e durar mais tempo na cama.

É preciso saber que quanto mais cedo se procurar ajuda, mais rápido e simples será o tratamento. Desde já tendo em mente que, geralmente, a indicação de tratamento para impotência sexual emocional é  a psicoterapia.

Na psicoterapia, o paciente vai expor sua rotina, seus problemas e medos, cabendo ao profissional encontrar o fator motivacional principal da impotência sexual emocional e tratá-la da forma correta.

Em alguns casos, o profissional pode sugerir alterações na rotina do paciente, como a mudança de emprego, de profissão, ou ainda, a prática de atividades capazes de tranquilizar o paciente como a meditação, a arte terapia, alguma atividade física…

Há ainda a possibilidade do profissional achar necessário associar o tratamento psicológico a alguns medicamentos estimulantes, geralmente, em situações onde a impotência sexual acontece pelo medo de fracassar com a parceira.

Por isso, é preciso ficar atento, caso perceba alguma alteração de comportamento ou funcionamento orgânico, sem nenhuma causa física aparente, a indicação é procurar, o quanto antes, uma ajuda especializada.