Read more

Minha filosofia, lá menor

Divagações sobre um samba carioca da gema Por Carlos Machado* O Carnaval se aproxima. Confesso que, com exceções muito especiais, não gosto dos sambas momescos — os chamados sambas-enredo. Creio que, na maioria dos casos, são músicas que não fluem naturalmente nem conquistam a aura de perenidade das grandes canções. Em geral, aprecio as composições […]

Read more

Embarque no ônibus da palavra – e agradeça

  Já admiti, numa crônica anterior, que tenho uma forte queda pelos dicionários. Então, os leitores não devem ficar zangados se, volta e meia, eu retornar a esse assunto. É doença crônica. No dia a dia, em casa, no trabalho, na rua, falando, lendo ou escrevendo, somos todos assíduos usuários das palavras. Elas são uma […]

Read more

Tom Jobim e o cantor que pôs Drummond na boca do povo

    Por Carlos Machado* O mundo da arte é recheado de contradições, surpresas e ironias. Vamos lembrar uma história, na qual se reúnem dois personagens próximos, o poeta Carlos Drummond de Andrade e o compositor Antonio Carlos Jobim, mais um distante, o cantor pop pernambucano Paulo Diniz. Maestro, compositor e letrista, o imenso Antonio […]

Read more

Jéssica, a justiceira apressada

Na fila da inspeção veicular, o rapaz desconhecido me conta uma história interessante sobre uma ex-colega minha Por Carlos Machado* Quem mora em São Paulo ainda se lembra — não com saudades, é claro — da inspeção veicular obrigatória. A historinha que vou contar é real e aconteceu justamente num local de inspeção veicular. Marquei […]

Read more

Eu e Lily Braun numa ilha deserta

Por Carlos Machado* Se você fosse condenado a viver no meio do oceano, quais discos ou livros levaria para aliviar a solidão? A primeira vez que ouvi falar em levar objetos de estimação para uma ilha deserta foi no início dos anos 90, lendo uma revista da cadeia varejista americana Tower Records. Nessa revista, que […]

Read more

Belchior, abraçado com a poesia

  Por Carlos Machado* A música popular brasileira perdeu, dias atrás, seu compositor mais explicitamente comprometido com a poesia: o cearense Belchior. Não me refiro aqui apenas à alta qualidade dos textos criados por ele para suas canções, mas também à poesia que está nos livros e ele, como nenhum outro, trouxe para suas letras. […]

Read more

De palavra em palavra

  O cronista declara sua paixão pelos dicionários e dá a dica: há muitos deles na internet, boa parte de consulta gratuita Por Carlos Machado* Confesso a vocês que não sei viver sem dicionários. E, ao contrário do que se pode pensar, noto que a era digital só reforçou essa velha compulsão léxica. Antes, para […]

Read more

Muito prazer, Agileilda

Por Carlos Machado* Se eu fosse mulher, meu nome seria Agileilda. Maria Agileilda. Que me perdoem as infelizes Agileildas que porventura existam por esses Brasis afora: Agileilda é um nominho difícil de engolir. Aliás, nem precisa engolir: basta dizer. Então, por que eu seria Agileilda? Resposta: por castigo. É que, vindo ao mundo com esse […]

Read more

Hoje é 4 do mês. Amanhã é 15. Parece estranho?

  Por Carlos Machado* Na virada de sábado para domingo desta semana termina o horário de verão de 2016/2017. Sempre que testemunho um desses pequenos solavancos introduzidos no calendário, penso em minha mãe, que deixava de lado o horário de verão e teimava em fazer suas tarefas no que ela chamava de “horário de Deus”. […]

Read more

Poetas de um lado, letristas do outro?

    Por Carlos Machado* O prêmio Nobel oferecido a Bob Dylan ocasionou inflamadas discussões. No meio da saraivada de opiniões pró e contra a Academia Sueca, subiu à tona outra polêmica, antiga mas não resolvida: letra de canção é poema? A questão é simples somente na aparência. De saída, não se trata apenas de […]