Seis discos completos da banda Móveis Coloniais de Acaju. É só baixar - Kultme

Seis discos completos da banda Móveis Coloniais de Acaju. É só baixar

MOVEIS-delaateaqui-Banda-Foto-de-Diego-Bresani-Estudio-California1

Você está a poucos cliques de ter a discografia praticamente completa da banda Móveis Coloniais de Acaju, um dos grupos mais legais surgidos na cena cultural sempre surpreendente de Brasília. Saiba um pouco mais sobre a banda e, abaixo, há links para baixar seis discos da Móveis.

Bom, pra começar, a Móveis Coloniais de Acaju é resultado da união de dez artistas criados em Brasília, que se juntaram em 1998 para formar … uma banda. Como costuma acontecer na Capital Federal, os músicos têm as mais variadas origens. Da pluralidade de integrantes e influências, nasce um som único e diverso, que mistura sax, flauta, gaita e trombone com teclado, guitarra, baixo e bateria e a voz marcante de André Gonzales.

Foi com a participação no festival Porão do Rock de 2000 que veio o primeiro grande trampolim. O show ganhou repercussão nacional, e o Móveis apareceu em importantes veículos de comunicação, como os jornais Correio Braziliense, Globo e Folha de S. Paulo. A banda venceu o Festival Universitário da UnB duas vezes: em 2001 por júri popular e em 2002 pelo júri oficial.

A partir de 2005, ano de lançamento de “Idem”, o primeiro disco, o grupo se torna presença constante nos principais festivais independentes do país. Em 2008, “Idem” é eleito pela revista Senhor F. um dos 50 discos independentes mais importantes lançados entre 98 e 2008. A música “Copacabana” também entrou na lista como uma das 50 mais. No mesmo ano, a banda realiza miniturnê pela Europa.

O segundo álbum, “C_mpl_te”, é lançado pelo selo Trama em 2009, com patrocínio da Volkswagen e produção de Carlos Eduardo Miranda (Raimundos, Mundo Livre S/A, Cansei de Ser Sexy). O Móveis se apresenta no Video Music Awards Brasil 2009 e concorre aos prêmios da MTV de melhor show e banda de rock alternativo. O disco é eleito o 5º melhor do ano pela Rolling Stone, e “O Tempo”, a 4ª melhor música brasileira. Em 2010, a banda vence na categoria Experimente do Prêmio Multishow, recebe o troféu Artista do Ano por voto popular no 1º Prêmio da Música Digital e o Prêmio Orilaxé de melhor grupo musical.

Em 2010, a Mobília lançou o DVD “Ao vivo no Auditório Ibirapuera”, em parceria com o Canal Brasil. No terceiro álbum, “De lá até aqui” (2013), a parceria com Carlos Eduardo Miranda continua. São 14 faixas, mais rock do que nunca, com referências que vão da Soul até baladas beatlemaníacas, passando pelo disco dos anos 70. O lançamento foi em agosto de 2013.

Além de administrar a própria carreira, a banda é responsável pelo festival Móveis Convida, criado em 2005 para integrar bandas de Brasília e de fora, e debater o mercado musical via mesas e workshops. Até o momento, foram 13 edições com artistas como Los Hermanos, Pato Fu, Macaco Bong, Pata de Elefante, O Teatro Mágico, Gaby Amarantos e Do Amor, além de Coiffeur e Mutandina (Argentina), e Juana Fé (Chile).

Baixe os álbuns
Clique sobre o nome e faça o download grátis

Dois Sorrisos (single) – 2011
C_mpl_te (álbum completo – 2009
Vai Thomaz no Acaju (EP) – 2007
Idem (álbum completo) -2005
Adoro Couve (coletânea) – 2005
Moveis Coloniais Acaju (EP) – 2001

Saiba mais
Sobre a banda: http://moveiscoloniaisdeacaju.com.br/

..*..




 

Comente via Face
, ,
%d blogueiros gostam disto: